Musa da moda Elsa Schiaparelli

Postado em 18 de maio de 2022 | por Mamma

Stella Jean e Elsa Schiaparelli: as musas da moda e da Mamma

5 minutos para ler

Para começarmos a falar sobre a House Of Mamma, nada melhor que apresentar as musas da moda que dedicaram suas vidas ao design. De formas diferentes, Elsa Schiaparelli e Stella Jean marcaram a história da moda italiana. Vem com a gente entender um pouco melhor sobre elas! Andiamo!

Stella Jean

Musa da moda italiana Stella Jean

Stella Novarino nasceu em Roma, em 1979. A descendência haitiana por parte de mãe e italiana por parte de pai a fizeram ser reconhecida com origem afro-europeia, o que futuramente influenciaria radicalmente a sua postura no mundo da moda. 

Em 2011, Jean é descoberta pelo concurso “Who Is On Next”, da Vogue Itália, ficando em segundo lugar. Quando reconhecida, ela decide criar a sua própria marca e homenagear a mãe, utilizando o seu sobrenome de origem haitiana: Jean

O grande diferencial de Stella foi nutrir a sua marca com diversas referências de sua cultura descendente. O multiculturalismo da designer a levou a criar o Laboratório della Nazioni. 

O projeto, além de brilhante, é reconhecido ao redor do mundo como inspiração. Durante cada estação, um país em desenvolvimento é selecionado, onde as mulheres artesãs são convocadas para diversos tipos de trabalho com a coleção. 

musa da moda italiana Stella jean

Dessa maneira, cria-se uma ponte entre o design italiano e as artesãs, gerando patrimônio cultural e autonomia financeira para essas pessoas. Ah! Além de tudo, as coleções são belíssimas! 

O trabalho da designer é tão autêntico que, em 2019, o New York Times a destacou como uma das designers mais influentes da nova geração. Stella também entra como membro para a Câmara Italiana de Moda como primeira e única integrante de origem afro-europeia. 

Mamma mia! Agora, que tal saber um pouco mais sobre uma das mulheres que abriram espaço para Stella Jean?

Elsa Schiaparelli 

Se hoje temos mulheres inacreditáveis à frente de suas profissões, é porque no passado outras precisaram quebrar paradigmas e correr em dobro para que isso fosse possível. Schiaparelli, sem dúvidas, foi uma delas. 

Elsa Schiaparelli musa da moda italiana

Nascida em Roma e integrante de uma família extremamente conservadora e erudita, Elsa sempre demonstrou interesse por conhecimentos em geral, chegando a se formar em filosofia pela universidade de Roma. 

Aos 21 anos, após escrever um poema de conteúdo erótico e tê-lo descoberto pela família, a jovem é enviada para um convento, o que não dura muito tempo. Sua forte personalidade aflora e Schiaparelli começa uma greve de fome, o que a faria ser expulsa. 

Apenas em 1932 que a musa se encontra e se apega definitivamente à moda, quando foi influenciada por uma amiga a visitar o atelier de Paul Poiret, um grande nome da época. O estilista ficou encantado como Elsa realizava as composições e a convidou para pegar algumas peças emprestadas. Nesse momento, Schiaparelli conhecia alta-costura

Ela começou a se aventurar nesse universo desenhando roupas. Seu pequeno ateliê em Paris foi ficando cada vez mais conhecido e aclamado. Em pouco tempo, ela já tinha mais de 400 funcionários e diversos espaços espalhados pela cidade. 

Mas o que será que fez Elsa Schiaparelli se destacar tanto? Sua irreverência e sua coragem em ousar em suas peças únicas. Visionária e pioneira, conquistou rapidamente o coração de mulheres que se identificavam com suas criações. 

Musa da moda Elsa Schiaparelli

Vestidos com estampa de lagosta, chapéu em forma de sapato e até um vestido esqueleto, que reforçava a estrutura dos ossos do tórax: tudo isso foi criado pela mente brilhante de Schiaparelli. Ela chegou, inclusive, a ter uma coleção em parceria com Salvador Dalí, grande artista de sua geração.

Apesar das inúmeras composições, a que mais marcou a carreira da estilista foi a criação da cor rosa-choque. Apaixonada por cores de alto contraste, ela sentia falta de uma cor forte para representar suas ideias. Foi assim que, ao misturar alguns tons de azul com um rosa pêssego, a musa fez nascer esse tom icônico, conhecido até hoje. 

Elsa Schiaparelli deixou o seu legado e atualmente, seu ateliê segue sendo uma referência quando falamos de alta costura. Incrível, não é mesmo? 

Se você gostou de saber sobre essas curiosidades sobre as musas da moda italiana, que tal se inscrever na newsletter da Mamma e ficar por dentro das novidades que contamos por aqui? Esperamos por você!