A maternidade é real, desafiadora, sensível e livre. E para celebrar todos os desafios e conquistas, a Mamma deseja a todas as mamães um feliz dia das mães!
Postado em May 8, 2020 | por Mamma

From Mamma to Mamma: feliz dia das mães!

 

No Brasil, sempre no segundo domingo de maio é comemorado o Dia das Mães. Uma data especial para homenagear a maternidade, mas o que está por trás dessa palavra com apenas três letras que carrega uma intensidade infinita?

 

A maternidade traz diversas camadas, modelos e sensações. Não há o certo ou errado. É um processo de acolhimento, confiança, aceitação, respeito, conexão, silêncio, partilhas e compreensão. Entre erros e acertos, ser mãe é um grande aprendizado e a perfeição está longe de existir. A maternidade é real, desafiadora, transbordante, sensível e livre

 

E não há como negar, existem os dois lados: o cansaço, as dificuldades, mas também uma beleza e uma força gigantesca ao criar, ensinar e cuidar de alguém. 

 

A Mamma Jamma é uma grande Mamma e carrega na sua essência a verdade, a presença, o cuidado, a intensidade, o olhar atento aos detalhes, a disposição em aprender o novo, a empatia e o amor.  

 

A origem do Dia das Mães

Essa data não é comemorativa apenas no Brasil. Em outros países também se celebra essa figura feminina, mas essa história é bem mais antiga do que pensamos. No tempo dos povos politeístas, as divindades femininas e a fertilidade eram celebradas durante a primavera.

 

Na Grécia Antiga, o povo dedicava um dia do ano especialmente para a progenitora. A festa coincidia com as comemorações à Deusa Rhea, mãe de todos os Deuses. Neste dia, eles faziam ofertas e presentes que honravam à deusa. Já os romanos dedicavam uma semana inteira à Cibele, divindade e símbolo da natureza e de todas as mães.

 

Hoje a data varia de país para país e há comemorações no ano inteiro. Na Índia, por exemplo, é comemorado no mês de agosto. No Líbano, Palestina, Egito, Jordânia e Síria o primeiro dia da primavera é marcado por essa celebração. E os vizinhos argentinos festejam no terceiro domingo de outubro. Independente da cultura todas as tradições colocam em evidência a figura materna com a sua beleza e força. 

 

Mas você já imaginou onde e como foi que esse dia se tornou oficial? Em 1908, Anna Jarvis teve permissão para criar um memorial em homenagem a sua mãe – Ann Maria Reeves Jarvis – que tinha sido um ativista pela paz durante a Guerra Civil Americana ajudando soldados feridos de ambos os lados.

 

Anna Jarvis, filha de Ann Maria Reeves Jarvis, foi a grande responsável por viabilizar a oficialização do Dia das Maes.

Ann Maria Reeves Jarvis (à esquerda) e Anna Jarvis (à direita).

 

Anna Jarvis começou esse movimento para o reconhecimento de um feriado nacional após a morte de sua mãe. Mas só um tempo depois alguns estados americanos reconheceram a importância da figura materna, estabelecendo, pela primeira vez na história, um dia oficial e festivo dedicado a todas as mães e ao amor materno.

 

E em 1914, o presidente norte-americano Woodrow Wilson promulgou a lei que oficializava o Dia das Mães e estipulava a data como sendo o segundo domingo de maio, data que permaneceu inalterada em muitos países.

 

Festa della Mamma

Antigamente, na Itália, o Dia das Mães era comemorado no dia 8 de maio em referência à Madre della Chiesa, ou seja, a mãe da igreja. Já a celebração atual foi introduzida no calendário na década de 50.

 

Raul Zaccari, senador e prefeito de Bordighera, uma comuna italiana da região da Ligúria, promoveu uma celebração no segundo domingo de maio de 1956 e inspirou as cidades próximas. A data tornou-se oficial em 1958, quando Raul Zaccari e senadores aprovaram um projeto de lei garantindo a criação do Dias das Mães.

 

A Festa do Dia das Mães é uma das mais populares na Itália, e muitas manifestações relacionadas a temas como câncer de mama, saúde e direito da mulher são realizadas nesse dia. É de costume presentear as mães com rosas vermelhas, e rosas brancas às mães que já partiram. 

 

I got it from my Mamma 

Sabemos que estamos vivendo novos tempos e o início de grandes mudanças. O período agora é de incertezas, mas um bom colo de mãe e uma comida gostosa continuam sendo a garantia para aquecer os nossos corações. 

 

Este Dia das Mães será diferente, mas ele não precisa ser menos especial. A distância e a saudade podem existir, mas também é o momento para se aproximar e relembrar daquilo que herdamos das nossas mães. Por isso, a Mamma está pronta para as novidades e para fazer diferente, o que não significa abrir mão do cuidado, do carinho e de suas tradições.

 

Na Mamma cultivamos o amor, assim como todas as mammas do mundo. À todas, um desejo especial: feliz dia das mães!

Mammas della Mamma. Foto: Derek Mangabeira.

 

Temos algumas alternativas para presentear as mães nesse dia. Que tal começar por uma refeição especial? As cozinhas da Mamma estarão prontas para o almoço della mamma e isso inclui os deliciosos pratos Filetto al Pepe, Cotoletta alla Milanese di Mamma, Risotto al Gamberetti, Pollo Croccante, Gnocchi All’Arrabbiata con Grana Padano, além de outros. 

 

A noite pode ficar por conta das nossas redondas. O cardápio é extenso e o que não falta não opções de sabores, do salgado ao doce e acompanhado do vinho da casa Primitivo ou Reserva Cabernet Sauvignon tudo ficará mais especial! 

 

E quem sabe preparar uma noite de filmes ou jogos? Ouvir aquele artista preferido? Dançar na sala de casa? Colocar o papo em dia e dar boas risadas? A distância pode existir, mas para encurtar essa saudade, por quê não enviar uma pizza de presente pra sua mãe que está longe ou saborear o sabor preferido dela? Ideias são o que não vão faltar para colecionar grandes lembranças, e a Mamma está aqui para te ajudar com todas elas! 

 

Buona Festa della Mamma, pizzalovers!

SHARE: