Postado em March 6, 2020 | por Mamma

No mês da mulher, não podia faltar o toque della Mamma

12 minutos para ler

 

Afinal, quem é a Mamma Jamma?

A Mamma adora receber e cuidar, respeita a tradição de onde veio e carrega referências da vera cucina italiana, sem se fechar a novas inspirações. Pensa nos detalhes e como cada um deles é importante. Da cozinha à decoração, passando pelo serviço, ela planeja cada momento para surpreender a todos que recebe. Sempre em busca de novos caminhos e sem medo de ousar, traduz o que capta através do seu olhar único e do seu jeito irreverente. 

 

E a Mamma, a fim de reforçar o seu conceito sobre o que é uma mulher Mamma, convidou no mês da mulher seis mulheres que, assim como ela, são à frente do seu tempo e se destacam em suas atividades e nos seus talentos profissionais. Integram o sexteto chef de cozinha, jornalista, fotógrafa, produtora, designer e mixologista. 

 

Antonia Leite Barbosa, Lou Bittencourt, Ana Ribeiro, Viviane Zatarelli, Joana Lemgruber e Francesca Sanci representam o conceito da mulher Mamma e ilustram a campanha do mês de março da Mamma Jamma. 

 

Encanto da Mamma

A pizza Encanto da Mamma é assinada pela renomada chef Ana Ribeiro.

Foto: Viviane Zatarelli.

Para criar a receita, a Mamma convidou a chef de cozinha mineira Ana Ribeiro, que assina a pizza “Encanto da Mamma”, feita com molho de tomate, mozzarella, abobrinha, tomate cereja, cebola roxa, presunto Parma crocante, orégano e mix de orgânicos. 

 

Ana possui um vasto currículo. É pós-graduada pela FABES no Rio de Janeiro, trabalhou por 10 anos no Club Gourmet de José Hugo Celidônio no Botafogo, onde foi chef de cozinha e ministrou vários cursos, o que a tornou famosa e conhecida na gastronomia carioca e brasileira. 

 

Foi convidada pelo Chef Pierre Landry para ser sous-chef do Le Saint Honoré, onde fez história sendo a primeira e única mulher a assumir este posto do estrelado Le Méridien no Leme, onde trabalhou por 9 anos. E tem muito orgulho de ser discípula de Paul Bocuse, com quem estagiou e trabalhou em Paris.

 

Comandou grandes cozinhas como da Rede Hoteleira Iberostar no Rio de Janeiro e na Bahia por três anos. Foi chefe consultora de vários restaurantes como La Cigale, O Navegador, Fazenda Urbana, Gaia Art & Café, etc. além de ter sido chefe executiva de cozinha do Gávea Golf Club em São Conrado e no Le Canton, em Teresópolis. 

 

Em 2015 foi eleita a Melhor Chef de Cozinha do Rio Janeiro, eleita pelo Prêmio Dólmã em Recife e foi agraciada como Chef Embaixadora da Gastronomia Carioca também eleita por Recife. 

 

Hoje, ela é membro atuante do Instituto Ecochef Maniva, onde foca a Biodiversidade, Sustentabilidade com Produtores e Agricultores Familiares e a agroecologia como um todo. Grande Defensora e Especialista das Pancs (Plantas Alimentícias Não Convencionais), palestrante sobre as Plantas Incríveis, Alimentos Livres! (PIAL), além de fazer eventos gastronômicos no Brasil e em países como Chile, Venezuela, Peru, e França.

 

É professora no Senac da cidade do Rio de Janeiro, professora convidada de Pós-Graduação em Recife, Salvador e Rio também. Ministra cursos concorridíssimos com maestria nas cozinhas Franco-Brasileira, Ítalo-Espanhola, Comidas de Buteco, Comidas e Banquetes com PIAL. É realmente surpreendente sua trajetória, apesar de extensa, não para por aí! Para Ana, o ato de cozinhar é o que nutre o corpo e o contentamento da alma. E ela o faz com muito prazer. 

 

Drink Victory: salute!

O drink Victory, criado pela mixologista Francesca Sanci, traz toda a essência da Mulher Mamma.

Foto: Viviane Zatarelli.

Para harmonizar e acompanhar o Encanto da Mamma, a mixologista Francesca Sanci criou o drink Victory, feito de gin, espumante, xarope de Spicy Mango, redução de maracujá, suco de limão e morango. 

 

Francesca Sanci é consultora na área de A&B, formada em gastronomia, especialista em cervejas e coquetéis e pós graduada em Gestão de Negócios em Serviços e Alimentação. Possui vasta experiência no setor gastronômico e trabalhou em cozinha, serviço e hospitalidade no salão e na área de coquetelaria, pouco antes de adentrar no mundo das cervejas artesanais.

 

Foi mixologista da destilaria Alkimia (Niterói – RJ) durante um ano e desenvolveu dezenas de cartas de coquetéis e realizou diversos treinamentos para seus clientes, dentre eles o Elias Gourmet Ipanema, Casarão 1903 e Belga Hotel. 

 

Hoje, além de consultora no segmento de Alimentos e Bebidas, também é professora da escola Bar Skull, referência no Rio de Janeiro em ensino de coquetelaria. Além disso, atua nas regiões do Rio e Petrópolis como professora de mixologia pela Instituição de Ensino em Cerveja Science of Beer, com a proposta de ensinar a unir os dois mundos

 

Formada pelo próprio Science of Beer, já foi coordenadora regional da instituição e seu trabalho realizado ao longo de três anos possibilitou a participação em júris importantes como o da Maltaria Agrária, do Mbeer Contest (júri do festival Mondial de La Bière Rio). Também foi destaque na capa do Globo Zona Sul e Revista ELA contando sobre sua trajetória no segmento. 

 

Para Francesca, Victory é um coquetel refrescante que possui dulçor, citricidade vinda do limão e a acidez proveniente do espumante. Tudo isso em harmonia com a complexidade da manga e uma leve picância da pimenta. O drink possui boas notas do Gin, sem agredir o paladar, sendo a presença do espumante marcante e refrescante, pedindo um gostinho de quero mais!

 

A criação em questão tem a proposta de oferecer aos degustadores um coquetel que seja o reflexo da mulher moderna. O drink é refrescante e despojado, reproduzindo os pilares do movimento do empoderamento feminino que temos visto nos dias de hoje. Os ingredientes são uma representação de uma mulher forte, que sabe o que quer e quem é, sem pré definições e objetivismos.

 

O Gin é um destilado que graças aos seus botânicos possui uma alta complexidade. Ele representa a mulher em sua totalidade, forte e complexaA pimenta representa a determinação e, em algumas culturas, significa proteção, boas energias e sensualidade. As frutas amarelas entram para dar potência e intensidade às notas do espumante, que por fim representa a vitória. A vitória de uma mulher que persiste e resiste. A mulher que luta todos os dias por respeito e reconhecimento. Victory representa todas as mulheres. 

 

Da produção impecável aos belíssimos registros 

Já a fotógrafa Viviane Zatarelli foi a responsável por registrar as imagens das receitas, enquanto a produtora Lou Bittencourt assina a composição dos cliques.

 

Fotografado por Viviane Zatarelli com composição de Lou Bittencourt, o drink Victory é um convite ao paladar.

Drink Victory. Foto: Viviane Zatarelli.

 

Zatarelli é fotógrafa profissional há 19 anos e desde pequena sempre amou fotografia. Quando mais jovem, deixou a faculdade de direito no oitavo período para se dedicar aos clicks e ingressou na faculdade de fotografia. Na ocasião, apaixonada por fotojornalismo, se dedicou alguns anos a essa área. Ingressou no jornalismo como repórter fotográfica e logo depois, teve a oportunidade de trabalhar em agências de publicidade no Rio com clientes em potencial.

 

Fotografou para campanhas institucionais de comida e produto. Foi aí que se apaixonou por fotografia de gastronomia, produto e moda, permanecendo até hoje neste segmento. Há sete anos iniciou a carreira como professora nos cursos de Publicidade e Jornalismo em diversas universidades do Rio. Ser professora para Viviane é uma realização. “Dar aula significa transformar vidas através da fotografia. Mudar a forma de ver o mundo que anda tão complicado ultimamente”.

 

Zatarrelli tem alguns fotógrafos e fotógrafas que a inspiram diariamente, como Margaret Bourke-White, Pierre Verger, Robert Capa, Cartier Bresson, Robert Mapplethorpe, David Lachapelle, Chico Albuquerque, Severino Silva, Custódio Coimbra, Araquém Alcântara, dentre outros. Para ela, cada um deles contribui de certa forma para a construção do olhar na imagem a ser fotografada. Sempre lembrando que fotografia é sentimento.

 

“Buscar e utilizar uma linguagem própria adequando a fotografia aos meus sentimentos, sensibilidade e criatividade. Onde tudo que já vivi e presenciei até hoje reflete no meu olhar. Os lugares que conheci, as viagens que fiz, os amores que tive, os livros que li, tudo isso faz com que a percepção fique aflorada, observando as texturas, cores, sombras, formas, etc.”, conclui Viviane. 

 

A outra convidada pela Mamma, Lou Bittencourt, é formada em artes plásticas e começou a sua trajetória no seu ateliê criando produtos, principalmente de decoração para casas e acessórios. Seu trabalho foi se espalhando e naturalmente passou a ser convidada para assinar decorações de lojas, casas e eventos. Em seguida, assinou editoriais para jornais, revistas e livros. Foi quando começou a coordenar a produção de grandes eventos de gastronomia, em que fazia desde a curadoria à direção de arte. Tais trabalhos a aproximaram muito de chefs e restaurantes, que a convidaram para fazer food styling para livros, decoração de salões e coordenar eventos. Com o boom dos programas de receitas, foi um caminho natural passar a assinar também a direção de arte e produção de vídeos.

 

Para Lou, as artes são uma enorme fonte de inspiração. Um dos seus programas preferidos é ir em exposições, ateliês e ver de perto os processos da turma criativa, seja de nomes consagrados, de quem está começando e até daqueles que nem percebem ser artistas, mas guardam um olhar e técnica especiais. A natureza também é sua fonte de inspiração.

 

Sempre olho para o que há de mais natural, seja em grandes cenários, como as florestas, o mar, o céu, como em pequenos detalhes em ranhuras de folhas, a textura de uma estrada de terra, a cor de uma cerâmica de barro. Para além disso, adoro peças antigas, que garimpo constantemente. Uma louça antiga francesa ou uma forma de queijo minas de maneira bem velhinha. Amo isso e a minha casa destaca bastante esse meu lado misturadão.“

 

Em sua maior parte, seu amplo acervo é do mundo da gastronomia, por paixão e por trabalho. Lou é colecionadora de louças por cores, por material, por forma. Tem vários itens em peças únicas também, a maioria herdada, garimpada mundo afora ou que foi presenteada. Panelas, utensílios e tudo mais do mundo da cozinha!

 

A voz e a criatividade fazem parte delas

A designer Joana Lemgruber está à frente da produção do material gráfico da Mamma Jamma e criou peças especialmente para o mês da mulher, de lâmina comunicando os produtos que ficarão disponíveis ao longo do mês, como a caixa de pizza personalizada. Antes de trabalhar por 12 anos em agências de publicidade e propaganda, como a DPZ&T e F/Nazca, Joana se graduou pela PUC e pela SVA-NY (School of Visual Arts in New York).

 

Com o objetivo de inovar dentro do mercado, Joana criou o Studio Pipa, que oferece designs atualizados e criativos para os seus clientes. Apaixonada por Branding, Design e tudo que envolve o universo criativo, vibra com cada trabalho novo e coloca a sua criatividade em todas as peças, sejam elas um display de mesa ou um branding completo. Para ela, o designer precisa ser muito observador, pois uma inspiração pode surgir a partir de um detalhe presente no seu dia-a-dia.

 

Estamos cercados por design, formas e cores. Uma caminhada pelo seu bairro pode trazer muita inspiração. O designer precisa de (muita) referência visual para criar seus trabalhos. Viajar também é muito inspirador. Mesmo de férias, eu considero todas as minhas viagens uma pesquisa de referências. Volto com um mundo de fotos de todos os cantos que passo e volto renovada para os novos trabalhos.

 

Fechando o sexteto, a jornalista Antonia Leite Barbosa foi convidada para fazer a locução do vídeo comemorativo. Antonia Leite Barbosa é uma autora carioca, apaixonada por sua cidade natal e mãe de dois meninos. Atualmente, escreve para dois guias online: a Agenda Carioca e Agendinha Carioca, onde recheia suas matérias com dicas de lugares, eventos e novidades da capital do Rio que são um sucesso nas principais livrarias do país.

 

Para quem se interesse em saber quais são as melhores ofertas no segmento de serviços e compras no Rio de Janeiro, Antonia apresenta o programa Agenda Carioca, na Rádio Sulamérica. Já para as pessoas que gostam de decoração e construção, é possível achar as dicas de Antonia em seu projeto, Guia Casa Carioca. Em seu perfil do Instagram Achados da Antonia, ela apresenta produtos incríveis descobertos por ela mesma. Em abril de 2019 lançou o coletivo feminino Matildes, que hoje conta com três grupos de WhatsApp e cerca de 600 mulheres generosas e dispostas a compartilhar suas descobertas.

 

Sua grande inspiração é o Rio de Janeiro, matéria prima do seu trabalho há quase 20 anos. Sempre admirou a espontaneidade e o jogo de cintura do carioca. Desde que foi mãe, passou a enxergar também nos seus filhos uma grande inspiração para viver e trabalhar.

 

Essas mulheres recheiam nosso mês da mulher com suas criações e visões, e convidamos à todos para mergulharem nas casas da Mamma e conferirem as novidades preparadas especialmente em homenagem ao Dia da Mulher. Quer um gostinho do que foi feito? Dá um play no nosso vídeo 😉

 

SHARE: